Não tão comum quanto nos homens, a calvície chega a atingir cerca de 50% das mulheres, porém, somente 5% em proporções graves. As principais causas são doenças ou fatores traumáticos, sendo que dificilmente a calvície feminina pode ocorrer por motivos genéticos. 

O tratamento da calvície deve ser realizado com acompanhamento médico, para que sejam analisadas as causas e desenvolvido o tratamento adequado.

Na maior parte dos casos, a calvície feminina atinge pequenas partes do couro cabeludo, dessa forma, muitas optam pelo uso de perucas ou próteses capilares, garantindo uma solução não cirúrgica e com aparência bastante autêntica. As próteses podem ser confeccionadas com fios sintéticos ou naturais, podendo cobrir toda a área da cabeça ou apenas os locais com falhas.

As próteses capilares possuem uma fixação resistente, não sendo necessário modificar hábitos de vida. A Sirene & Lion classifica as próteses em micropele global, micropele exclusiva, micropele totais e próteses nacionais, sendo ideal que seja feita uma avaliação com um profissional para definir qual é melhor para cada caso.

As próteses capilares são confeccionadas de acordo com a cor, textura, densidade, padrão de ondulação e comprimento do cabelo do cliente. A manutenção é realizada de acordo com a prótese e o tipo de fixação escolhido, em alguns casos deve ser feito por profissionais e em outros pode ser realizada pelo próprio cliente.